Unhas de grávidas

Unhas de grávidas ficam mais fracas?

A gravidez é um período muito delicado na vida da mulher por conta da expectativa do nascimento da criança e das mudanças que ocorrem no corpo. Esse momento pede que ela tenha a grande responsabilidade de cuidar de uma vida que está dentro dela, já que os dois organismos estão interligados. Isso significa que tudo o que ela experimenta pode refletir na saúde do bebê.
Entretanto, é possível separar um tempinho para cuidar da própria beleza sem ficar com peso na consciência, só é necessário um pouco de organização para arrumar um espaço na agenda corrida, além de ter alguns cuidados extras.
Além do mais, toda mulher tem o direito de se sentir bonita, e isso significa estar bem consigo mesma, com sua imagem e autoestima. Um bom ânimo dá forças para enfrentar qualquer desafio, e isso é essencial em um momento tão especial quanto a gravidez.

A Coisa de Menina, para ajudar você a se cuidar com tranquilidade, organizou alguns tópicos explicando sobre como essas mudanças podem modificar as suas unhas e o que fazer em relação a isso:

  • Porque as unhas ficam mais fracas
  • Dicas para se cuidar

As mudanças pelas quais o corpo passa na gravidez

A mulher grávida passa por várias mudanças hormonais, metabólicas e alterações de humor, e isso não é nenhum segredo, não é mesmo? Por causa deles, o corpo da mulher é preparado para acolher o bebê e isso pode causar enjoos, fraqueza, surtos de calor e até mesmo rinite. Mas lembre-se: apesar dos sintomas serem comuns, eles não são regras para todas as mulheres.
Dentre esses pequenos problemas, a gestante pode perceber que suas unhas estão mais fracas e quebradiças. Se isso fosse investigado, o principal suspeito seria a falta cálcio. Esse mineral é utilizado em processos da gestação e na formação do feto, e a falta dele causa o enfraquecimento das unhas. Algumas mulheres chegam a usar luvas na hora de fazer atividades simples, como lavar a louça, por medo de perderem as unhas.
Naturalmente essas são mudanças temporárias, e tudo pode voltar ao normal em até 6 meses depois que o bebê nascer. As unhas dos pés podem demorar um pouco mais para se recuperarem.

Dicas para se cuidar

Para evitar esse problema você pode procurar alimentos ricos em cálcio, como leite e derivados, iogurtes, amêndoa, ricota, brócolis e outras nozes.
Outra saída é cuidar muito bem das suas unhas.Mantenha elas bem curtinhas, nunca abuse de produtos químicos e utilize esmaltes fortalecedores. Mas nunca se esqueça de consultar o seu médico antes de usar qualquer coisa (aproveite e pergunte para ele se você pode usar um complemento de colágeno, isso pode ser de grande ajuda!).
As profissionais do Coisa de Menina podem ajudar você com todo o cuidado que você precisa. Agende um atendimento ou tire suas dúvidas!

No Comments

Post A Comment